segunda-feira, 29 de março de 2010

Coração Alado (partido) ...

Ontem teve show do Fagner no Salão do Livro e eu não fui!
Estudar! Estudar!
Meu coração está partido. Que arrependimento! :(
Adoro o Fagner.
Adoro sofrer com as músicas do Fagner...
Não sofrer de chorar, mas de pensar na vida.
Coisas banais. Coisas dessa passagem aqui na Terra.
Nossa, como queria entoar minha voz bem alto até ficar rouca! Quando eu gosto, eu gosto muito...
Algumas músicas me balançam como "Deslizes", "Espumas ao vento", "Borbulhas de Amor", "Revelação"..
Eita que dá uma vontade de chorar..
Mas a música que marca essa minha 'época' é "Noturno".
Como canta meu Raimundo:

Hoje só acredito

No pulsar das minhas veias
E aquela luz que havia
Em cada ponto de partida
Há muito me deixou
Há muito me deixou...
Ai, Coração alado
Desfolharei meus olhos
Nesse escuro véu
Não acredito mais
No fogo ingênuo, da paixão
São tantas ilusões
Perdidas na lembrança...
Nessa estrada
Só quem pode me seguir
Sou eu!
Sou eu! Sou eu!...
(Noturno - Graco/Caio Silvio)

____________________

Sobre o Salão.
Fui no primeiro fim de semana e abusei. Minha paciência está 'curtinha' para multidões.
Creio que estou meio anti-social! Deve ter sido bom todo o evento.
Comprei alguns livros e já os estou lendo. Aquele sobre as mulheres poderosas é show! rsrsrs
Inté! o/

Nenhum comentário:

Postar um comentário