domingo, 4 de abril de 2010

Cicatrizes


Cicatrizes.
Todos temos e ainda bem que temos!
Quem me conhece já viu minhas marcas, principalmente do joelho, de uma infância e adolescência bem vivida! Rsrs
Nossa! Quantos tombos de bicicleta, patins.. Queda de moto.. Escorregão em cachoeira, pisos molhados de festas, piscina, casa do Chicão com prato de comida na mão (lá eu era campeã).. rsrsrs.. :P
Algumas cicatrizes distribuídas pelo corpo me fazem rir, outras, querer chorar e têm aquelas que dá vontade de voltar no tempo e 'dar o troco'.. A pior sensação de se ferir é que, principalmente quando você é criança, chora mais pelo que sua mãe vai dizer sobre o seu 'machucado' do que pela dor em si. Isso é fato!
Eu não posso negar.. até hoje sou assim, claro, tirando a parte do chorar!
Por exemplo, tenho uma cicatriz que adquiri fazendo fogueira de São João na porta de casa. Outra foi atravessando a cerca de arame farpado da vizinha da minha avó, só para roubar as goiabas (vermelhas-grandes-doces) que tinham no quintal da Dona Maria do Messias. Nesse episódio eu fiquei para trás e quase me fu...Ela escutou a gritaria dos meus primos comemorando a vitória do furto e me viu.. Imagine o meu desespero! :P
A maior parte das minhas cicatrizes são decorrentes de bola. Ahhh meus tempos de jogadora de futsal!
Comecei como goleira, mas eu era (sou) tão impaciente que pedi para o treinador me colocar na 'linha', pois as meninas eram muito 'devagar' e não resolviam a 'parada'. (Olha só o abuso da garota!)
Resultado? No nosso amistoso com as meninas (quase meninos) de outra escola, eu joguei na linha (era ala esquerda) e uma lá me derrubou e o sangue jorrou do meu joelho. Doeu, quase chorei... Olhei para o rosto dela com ódio fulminante, saí da quadra, enfaixei o joelho e voltei a jogar. Ohh vontade de ter dado o troco.. No fim das contas, pelo menos fiz um gol nesse jogo..
Ainda hoje me 'contemplo' com as cicatrizes de 'cair de madura'...
Devo ter 'problema'.. Essa semana ganhei minha mais nova cicatriz. Levei um tombo por causa do salto, sabe daqueles que você cai de quatro no chão? Pois é.. sobrou de novo para o joelho! rsrsrs
O joelho sempre sofre.. coitado.
E ultimamente tenho ganhado alguns arranhões de leve por causa da minha gatinha que é do mal. Só quer brincar se for para morder ou arranhar.. é doida! Sobra para as mãos da 'mamãe' aqui..
Enfim. Adoro minhas cicatrizes! Elas me relembram os caminhos percorridos durante minha infância, adolescência, juventude.. E que com certeza vão me lembrar lá no futuro o quanto eu era desastrada e feliz! :D

Nenhum comentário:

Postar um comentário