quinta-feira, 29 de julho de 2010

Meus felinos..


Então.
Para quem não sabe, sou avó!
Minha gata é mamãe e tem dois gatinhos: um todo branquinho (macho) e outro preto (fêmea).
Lindos! Fofinhos e rebeldes! rsrs
Estou em uma encruzilhada, pois eles completaram 1 mês de vida e chegou a hora de desmamar e acostuma-los longe um do outro. É triste, mas não posso me dar o luxo de cuidar desse tanto de bicho!
Curiosa como sou, perguntei ao 'deus' Google e ele me mostrou o caminho.
Encontrei um site bem bacana que dá dicas de como proceder nessa etapa da vida dos meus felinos.
Eis as dicas:

Desmamar:


"Até o primeiro mês de vida, o leite materno é insubstituível, por isso os filhotes devem ficar junto à mãe. Após esta fase, pode-se começar o desmame. Além do materno, ofereça-lhe outro tipo de leite: 1 xícara (chá) de água filtrada, 2 colheres (sopa) de leite em pó, 1 gema de ovo, 1 pitada de sal e 1 colher (café) de óleo de milho, batido no liqüidificador.

Após 15 dias, dê uma sopa de legumes com carne. Esta alimentação deve ser dada 4 vezes ao dia até eles aceitarem a dos cães adultos."

Separação:

"A separação dos filhotes pode ser traumática para certas gatas. Assim, ela jamais deve ser brusca. Na época da amamentação, os filhotes devem ficar juntos da mãe. Passado este período, ou seja, 50 dias, acostume-os a ficar longe dela, mantendo-os afastados algumas horas por dia. Por volta de 8 semanas, os gatinhos já estarão se tornando independentes. Talvez este seja o momento ideal para separá-los. No entanto, não tire todos de uma vez para ela não sofrer muito."

Dessas dicas, eu já imaginava que seria assim com relação o tempo deles ficarem com a mãe, só que essa mistura aí para substituir o leite, eu não vou fazer não...
Sempre ressucitei os gatinhos que pegava na rua só com a mistura de leite de gado, água e sal. Pronto! Engordavam que era uma beleza!
Aliás, com a mãe deles foi assim e está ai 'vivinha'.. rsrs
É isso.


Fonte: http://familiapet.uol.com.br/gatos/

Nenhum comentário:

Postar um comentário