sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

E assim 'finalizo' 2011...




"Somos o que há de melhor
Somos o que dá pra fazer
O que não dá pra evitar
E não se pode escolher"

(Humberto Gessinger - Engenheiros do Hawaii)

É com esse trecho de música que fecho 2011...
Parece que foi ontem que estava planejando esse ano e ele passou voando baixo...
Conheci pessoas de todos os jeitos e que contribuíram para minha ideia de como viver a vida.
Não me arrependo do que fiz, aliás, muito pelo contrário: tinha que ser feito.
Tudo que disse, que chorei, que sorri... Foi válido e sempre será.
Algumas pendências para 2012. Até porque não dá para passar uma borracha em tudo que se viveu só porque foi arrancada uma página do calendário..
Na vida, por mais que passem dias, meses ou anos, atitudes marcam por toda a vida e continuam ecoar em nosso ser... Aguardo respostas e atitudes. Não que isso seja o alicerce da minha vida, até porque continuo seguindo firme e forte com meus planos e projetos, sejam eles A, B, C ou D...
Tenho prioridades, aliás, todos temos...Seja no âmbito profissional ou pessoal.
Meu final de ano, diferentemente do ano passado, volto para a família e amigos 'brazucas'. Natal com avós, tios e primos, e virada do ano, com minha lindas amigas no Rio de Janeiro. Será inesquecível e único!
Sinto bons fluídos em 2012...
Sinto (intensamente) que coisas boas acontecerão em todos os campos da minha vida..
E que assim seja! E será!
O que fica para 2012? Parar de escutar (demais) os outros, acreditar mais em mim mesmo e ser feliz...
Não é fácil. Mas não custa tentar!

p.s: e vamos lá com a profecia Maia.. Espero que mudo não mude, mas as PESSOAS mudem.. Essa seria a transformação perfeita para nosso Planeta!

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Frase do Mês

Não importa o que fizeram com você. 
O que importa é o que você faz com aquilo que fizeram com você.
(Jean Paul Satre)

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Agora faço 'Direito"..


No Domingo prestei vestibular para o curso de Direito e PASSEI!
Agora é o início de uma nova etapa. Ou não! Vou levando minha profissão de Jornalista, o meu mestrado e claro, a busca por concurso público ou aulas na academia e também vou cursar Direito.
Uma coisa não impede a outra e ainda estou com pique para tentar o novo.
O importante é ter planos A, B, C, D e etc.
Não quero ser jornalista pelo resto da minha vida. Já tenho cinco anos de profissional e só vejo a nossa desvalorização da classe, cobrança para sermos um multiprofissional, sendo que mal recebemos por um! Com piso salarial de R$ 1.300,00 não há quem continue seu encantamento pelo Jornalismo.
Fora as piadinhas por não termos 'diploma'...
Se sou útil para a sociedade, quero pelo menos ser reconhecida por isso, e é no Direito que poderei encontrar isso!
Enfim, estou feliz! Passei em terceiro lugar, depois de 10 anos sem saber para que rumo ia um vestibular! =D

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Encaixando..


Coisas acontecem em nossas vidas e você não sabe explicar.
Esse final de semana, por exemplo, é um deles.
Senti ódio, ternura, amor, afeto e compaixão por uma pessoa em apenas três dias!
Acontecimentos vem e vão e depende única e exclusivamente da maneira como você os encara...
Colocar-se no lugar da outra pessoa ou simplesmente, ignorar certas atitudes, pode ser a decisão mais sábia que você fez na sua vida..
Não se puna! Não se envergonhe de falar o que pensar e de ir atrás do que quer..
Se você deseja e o que você quer, não coloca impecilho, ao contrário contribui com sua decisão: porque não?
Cobrar-se menos, importar-se menos, e principalmente, não se importar com que os outros pensam..
Querer mais! Viver mais..
Esse é o caminho.
Estou aprendendo e acredito que seja por aí que vou continuar com meus passos..
Meu SER pede e quer..
Os astros conspiram, a gente se encontra e tudo se encaixa no final das contas!

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Manual de Instruções masculino...




29 COISAS QUE OS HOMENS ADORARIAM QUE AS MULHERES SOUBESSEM

1. Fale o que pensa. Não é por mal, mas não somos muito bons com indiretas;

2. Quando fizermos uma cagada, fale – uma vez;


3. Eu sinto tesão por você, não pela sua prima ou pela sua vizinha;


4. Manere nas sua sobrancelha. Uma linha fina em cima do olho não é bonito;


5. Você fica extremamente sexy com aquele seu pijama velhinho de algodão;


6. Não tenha medo de dispensar a maquiagem – natural é sempre mais sexy;


7. Vocês mentem muito mal quando dizem que está tudo bem – nós sabemos que não está, só não sabemos o que aconteceu;


8. Você pode me chamar pra transar a hora que quiser. De verdade;


9. Masturbação me dá 1/10 do prazer que sinto no sexo com você. Acredite;


10. Não tem som melhor no mundo do que ouvir você tendo um orgasmo;


11. Quando vocês ficam bravas com coisinhas pequenas e insignificantes, nós questionamos sua inteligência;


12. Se eu te dou opinião quando você está se arrumando, significa que você está muito atrasada;


13. Não me peça pra te ajudar a escolher com qual roupa vai sair. Eu provavelmente vou fazer uma escolha ruim e a gente vai se atrasar ainda mais;


14. Mas me dar duas ou três opções de roupa já são outros 500, desde que você troque de roupa na minha frente. Bem devagarzinho;


15. Adoramos quando vocês fazem rabo de cavalo;


16. Celulite ou langerie feia só nos incomodam se estiverem em um estado muito crítico;


17. Uma passada de mão inesperada é sempre bem-vinda, até em lugares públicos. Principalmente em lugares públicos;


18. Você pode escolher o filme, mas tem que ter um motivo para querer vê-lo;


19. Quando você me chama no chat do trabalho “só pra falar um oi” eu não estou realmente prestando atenção – estou checando meu email;


20. Não espere que tenhamos uma conversa por SMS, a não ser que inclua a palavra “esperando” e “pelada”;



21. Sempre que quiserem cozinhar, irão nos fazer feliz;

22. Nós temos um alarme de perigo iminente que sempre dispara quando vocês perguntam: “Você acha aquela mulher bonita?”;


23. Não confie na gente para mantê-las atualizada sobre as fofocas;


24. Não, eu não me lembro o que ele disse depois. Nem o que ela disse. Nem me lembro do homem de camisa roxa perto da porta. Somos ruins em detalhes;


25. Tenha opinião própria, não me pergunte se está gorda se já sabe a resposta;


27. Não grite, nem com suas amigas. Isso não é legal, mesmo;


28. Aprenda a jogar videogame, nossos finais de semana teriam uma emoção a mais;


29. Às vezes, nós nos perguntamos porque mulheres tão incríveis querem ficar com a gente, seres tão inferiores. Então, obrigado mais uma vez.



Texto livremente traduzido e adaptado da revista Men’s Health

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Divisão do Pará pelo Valor



Editorial da Edição do dia 16/11/2011 do jornal Valor, de São Paulo:

Os 4,8 milhões de eleitores do Pará estão sendo convocados a responder, em plebiscito marcado para 11 de dezembro, se o Estado deve ser dividido em três unidades federativas, em duas ou ficar como está, um gigante com 1,2 milhão de quilômetros quadrados, rico em recursos naturais (tem a maior jazida de ferro do planeta), mas apenas 1,4% de participação no Produto Interno Bruto (PIB), com indicadores sociais sofríveis e palco de violenta disputa pela posse e uso da terra.

Trata-se de oportunidade única para discutir não apenas a divisão administrativa do Pará mas também o modelo de desenvolvimento que o país quer para a Amazônia, ainda hoje assentado em bases lançadas na época do “Milagre Econômico”, nos anos 1970, fincadas na teia de estradas rasgadas na selva, na pata do boi e no avanço desordenado de frentes econômicas.
Pesquisa Datafolha realizada no início da abertura da campanha no rádio e na televisão revela que 58% dos paraenses são favoráveis à manutenção do status quo. Os emancipacionistas apostam na propaganda para tentar reverter o quadro. Difícil, quando se considera que 60% do eleitorado a se manifestar no plebiscito está concentrado na região de Belém e adjacências, sede do governo contra a qual se voltam as províncias distantes e queixosas do abandono oficial.
Na hipótese de a maioria votar pela divisão, o Pará remanescente ficará com apenas 17% do atual território – e a grande maioria da população.
Na região Sul será criado o Estado de Carajás, com 35% do território, 39 municípios, uma população estimada em 1,6 milhão de habitantes, as imensas jazidas de minérios da Serra dos Carajás. O município de Marabá será a capital da nova unidade federativa.
A outra nova unidade será o Estado do Tapajós, com 58% da área do atual Pará, 27 municípios, a cidade de Santarém, situada no encontro das águas dos rios Amazonas e Tapajós, como capital, e densidade demográfica rarefeita – a população estimada é de cerca de 1,2 milhão de habitantes para uma área de 718 mil quilômetros quadrados.
O surgimento de três unidades federativas onde atualmente há apenas uma deverá reproduzir os problemas e queixas, em vez de resolvê-las’, escreveu o jornalista Lúcio Flávio Pinto no Jornal Pessoal, publicado em Belém, um fórum de excelência sobre a divisão que elevou de patamar o debate sobre o plebiscito.
O que acarreta as distorções não é o excesso de terra a ser jurisdicionada pelo governo local ou a insuficiência de gente para melhorar a relação habitante/quilômetro quadrado, que asseguraria a soberania nacional sobre a fronteira, mas o 'modelo' de ocupação”, diz Lúcio Flavio, jornalista de larga vivência e estudos sobre a Amazônia.
De fato, é de se perguntar se o Tapajós, com população rarefeita, não terá tantos problemas quanto Belém para dar atenção a províncias longínquas. Será uma sombra da Vale e o modelo a ser replicado no Tapajós, região onde ainda é possível uma correção no curso impresso nos anos 70?
O custo de criação de duas novas unidades federativas também deve ser considerado.
Segundo estudo do Ipea coordenado pelo professor Rogério Boueri, o custo fixo para a manutenção de um novo Estado é de R$ 832 milhões ao ano, a preços de 2008. Boueri detectou também que esse custo de manutenção, expresso pelo gasto público estadual, cresce com a população e com a produção econômica da unidade – cada habitante acresce R$ 564,69 ao gasto estadual e cada real de produção eleva esse gasto em 7,5 centavos de real.
A criação de dois novos Estados significará a eleição de seis novos senadores da Amazônia e de 13 novos deputados federais para a Câmara (o Pará, que atualmente tem uma representação de 17 deputados ficaria com 14). Aumenta, portanto, o desequilíbrio da representação legislativa federal. Em cada um dos novos Estados será criada uma Assembleia Legislativa. Alguém terá de pagar essa conta, ao final.
Os paraenses, sem dúvida, são soberanos para decidir o que fazer com o Estado, mas essa é uma discussão que definitivamente diz respeito a todo o país. E não é apenas pela fatura, que será paga por todos, mas também pelo destino de uma região cuja sorte sempre foi escrita por mãos de outras paragens.

Li no Observatório da Imprensa - http://www.observatoriodaimprensa.com.br/news/view/_um_novo_modelo_para_a_amazonia


segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Correções


Recebi nesse final de semana as correções da minha orientadora sobre meu Capítulo II.
Não foi tão drástico, mas algumas coisas terei que reestuturar.
Na verdade, esse foi o 'primeiro' texto de verdade que ela olhou, porque projeto para qualificação a gente escreve para passar pela banca..
Enfim, estou com medo de não conseguir. Medo de verdade.
Já tento me apegar a outros planos, do tipo tenho até o Z, não é mesmo??
Estou escrevendo o terceiro capítulo e ainda não tive coragem de tocar no segundo, depois que a professora corrigiu. Pensei em terminar o terceiro e enviar para ela, já que ele´é mais descritivo e relata os ritos da festa do Divino e aí sim, enquanto ela se ocupa com esse, daria o tempo de organizar o segundo, para então adentrar no primeiro capítulo que vai tratar da revisão teórica. E esse, meus amados, é foda!
Quero ingressar nele na próxima semana, mas ainda não sei. A ideia era finaliza tudo até o dia 19 ou 20/12. Pensei até em defender em janeiro e estou com muita vontade fazer isso mesmo.
Vamos ver no que que dá daqui pra frente.
Ainda tenho alguns livros para ler.
Foco baby.. Esse é o problema.
Ainda mais com esse tanto de confraternização de final de ano... Casamento de Prima, Natal e Revéillon!
#Yes, I can!

domingo, 27 de novembro de 2011

Frase do Mês

“De tudo ficaram 3 coisas: a certeza de que estava sempre começando, a certeza de que era preciso continuar e a certeza de que seria interrompido antes de terminar. Fazer da interrupção um caminho novo, fazer da queda um passo de dança, do medo uma escada, do sono uma ponte, da procura um encontro.”
(Fernando Sabino – O Encontro Marcado)

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Tempo Tempo Tempo Tempo


Tenho recorrido ao TEMPO ultimamente...
Não só por escutar todo dia aquela musiquinha do Caetano que é tema da abertura da novelas das seis, o que só reforça que devemos esperar mesmo que as coisas aconteçam por si só, sem atropelhos ou desgastes emocionais.

"Compositor de destinos
Tambor de todos os rítmos
Tempo tempo tempo tempo
Entro num acordo contigo
Tempo tempo tempo tempo..."
(Oração ao Tempo - Caetano Veloso)

Muitas frases poderiam acalmar nossos corações. Muitas atitudes também também...
Mas só o TEMPO que resolve TUDO: brigas, amores não correspondidos, ausências, vitórias, derrotas, sonhos e desejos!
Então, já que esse tal de TEMPO que resolve as coisas, porque ele não facilita para meu lado?
É o que todos pensamos, não é mesmo?
Mas e aí? Quem é o Senhor do TEMPO? Eu não sei!
Seria a RAZÃO? Seria DEUS, mas não no sentido monoteísta da crença...
Todos nós seres humanos precisamos de respostas para nossos anseios, porém grande maioria já veio com defeito de fábrica: a ansiedade.
Não fomos trabalhados, planejados e programados para ter paciência e sabedoria.
Sabedoria.
Taí, outro dom que só o TEMPO pode nos dar.
Sem contar com a RAZÃO e a EMOÇÃO que travam uma luta constante, mas não adianta: se o TEMPO não interferir entre esses dois sentimentos, não haverá equilíbrio.
Se tudo depende do TEMPO, esse seria o segredo da vida? Da paz? Prosperidade? Do amor? Do sucesso? Da eterna felicidade..
Compositor dos destinos?
Que cumpra-se então o destino: conforme o TEMPO designar, sob o equilíbrio da RAZÃO com a EMOÇÃO, para enfim, encontrarmos a SABEDORIA desejada...

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Dissertando: o 'prazer' de decupar...


Acredito que a pior parte da minha Dissertação chegou: decupar entrevistas.
Não é fácil! Haja paciência e muita tranquilidade!
Deve acontecer com todo mundo e nessas horas dá uma vontade de contratar alguém para fazer esse serviço sujo, daí você lembra que não dá para confiar, vai que o cara não prestou atenção direito.
Pelo amor ao seu trabalho, desconfiança 'geral da nação' e claro, sua nota no dia da banca: você sofre! Resolvido!
O problema nisso tudo é o cansaço, diga-se de passagem, tédio em ter que trabalhar um mesmo assunto há dois anos... Tudo bem, que ao encarar o trabalho de frente eu fico super empolgada. E sim, sou empolgada com minha pesquisa. Larguei emprego, mudei de emprego, atravessei oceano por causa desse tema e fico nele até o fim...
Meio que "eu não vim até aqui pra desistir agora.."
Eu vou conseguir! Isso é certeza!
Ninguém disse que seria um mar de flores!
Próxima semana apresento um artigo de 30 páginas com uma colega no Seminário de Integração. Nosso tema é a relação dos espaços planejados e espaços vividos em duas quadras de Palmas. Uau! Que nada! Eu, jornalista, ela biologa. Nossos orientadores: biologo e antropologo. É a tal da interdisciplinariedade. E até que eu gosto... de verdade!
Bom, no mais é isso..
Eu tenho dois empregos (como isso lembra o "Todo mundo odeia o Cris), não tenho tempo, vida social reduzida às redes sociais (momentaneamente, até porque tenho que terminar a dissertação logo logo) e estamos aí.. Levando a vida sem deixar fluir porque as rédeas são minhas..
O ano de 2011 já acabou e tenho mais de 100 páginas para escrever, um casamento para ser madrinha, um Natal em família, Revéillon com as amigas, entregar a 'danada' em fevereiro e passar o Carnaval em Salvador. Março é a defesa! Ui!
=P

Roda da Vida


E quando é necessário optar por dar um tempo, ficar sozinhoe fazer o que você quer?
Sim, por livre e espontânea escolha. por escolher cuidar de você.
Não porque você levou um 'fora' de alguém e resolveu mudar e tomar uma atitude perante a vida. Claro que você não vai deixar de 'dar uns beijos por aí', como a maioria diz, mas dedicar um tempo para fazer o que você sempre quis, como estudar, viajar, rasgar dinheiro (opa.. rsrs), mudar a cor do cabelo, assistir TV comendo várias guloseimas e pouco importar se 'aquilo' vai lhe render alguns centímetros à mais...
Viver para você!
Simples, não é?
Não! Nenhum pouco, meu caro.
Dedicamos tempo aos nossos pais, irmãos, namorados, ficantes, amigos e na maior parte do tempo ( e isso é sério) esquecemos das nossas vontades.
Nos envolvemos na roda da vida (dos outros) e quando acordamos, não dá mais para sair.
Parar para pensar: "Poxa, e eu? Não posso viver o que quero?" é complicado! Alguns rotulam como 'individualismo' ou até mesmo 'egoísmo'. Claro que existe gente assim, e ultimamente, um exemplar desses passou na estrada na minha vida. Porém, o que proponho aqui, não é ser egoísta ou individualista (que isso sabemos muito bem diferenciar), mas sim, além de saber compartilhar, ser livre e viver teus sonhos.
É dificil viver nosso sonho quando temos responsabilidades como filhos, altos cargos e até mesmo, o nosso sonho concretizado. Isso aí é o tal de entrar na roda da vida (dos outros)...
Deixar fluir (como os desencanados dizem) é fácil... Vai fluir. Ahh vai! Mas pode fluir tanto que você não conseguirá segurar ou acompanhar aquilo que ficou por aí... Fluindo! Ou seja, a sua vida.
Não digo para chutar o 'pau da barraca', mas pelo menos, reavalie seus objetivos, seus sonhos, e caso, você seja um pretenso candidato à entrar na roda da vida (dos outros) ou mesmo da filosofia "deixa fluir", sinto-lhe dizer que, momentos passam e oportunidades também...
Por isso, que finalizo voltando ao questionamento do início desse texto: quando é necessário optar por fazer o que você quer? Quando a vida lhe der uma brecha ou agora, que você parou para pensar sobre isso.
Eu escolhi fazer o que quero, antes que a roda da vida (dos outros) chegue de masinho...
Mesmo que sozinha. Mesmo que demore.

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Meninos que disseram..

 Mulher vive de carinho.Dê-lhe em abundância. É coisa de homem sim, e se ela não receber de você vai pegar de outro.
Beijos matinais e um 'eu te amo’ no café da manhã as mantém viçosas e perfumadas durante todo o dia. Flores também fazem parte de seu cardápio – mulher que não recebe flores murcha rapidamente e adquire traços masculinos como rispidez e brutalidade.
Respeite a natureza. Você não sup...orta TPM? Case-se com um homem. Mulheres menstruam, choram por nada, gostam de falar do próprio dia.
Não faça sombra sobre ela. Se você quiser ser um grande homem tenha uma mulher ao seu lado, nunca atrás. Assim, quando ela brilhar, você vai pegar um bronzeado. Porém, se ela estiver atrás, você vai levar um pé-na-bunda.
Aceite: mulheres também têm luz própria e não dependem de nós para brilhar.
O homem sábio alimenta os potenciais da parceira e os utiliza para motivar os próprios. Ele sabe que, preservando e cultivando a mulher, ele estará salvando a si mesmo.
É, meu amigo, se você acha que ter mulher custa caro demais, vire gay. Só tem mulher quem pode!

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Frase do Mês

Peço pra que, um dia, se pensares em trazer-me seus olhares, faça porque te convém.
(Los Hermanos)

A fita métrica do amor...

 
Martha Medeiros

Como se mede uma pessoa? Os tamanhos variam conforme o grau de envolvimento. Ela é enorme pra você quando fala do que leu e viveu, quando trata você com carinho e respeito, quando olha nos olhos e sorri destravado. É pequena pra você quando só pensa em si mesmo, quando se comporta de uma maneira pouco gentil, quando fracassa justamente no momento em que te...ria que demonstrar o que há de mais importante entre duas pessoas: a amizade.

Uma pessoa é gigante pra você quando se interessa pela sua vida, quando busca alternativas para o seu crescimento, quando sonha junto. É pequena quando desvia do assunto.

Uma pessoa é grande quando perdoa, quando compreende, quando se coloca no lugar do outro, quando age não de acordo com o que esperam dela, mas de acordo com o que espera de si mesma. Uma pessoa é pequena quando se deixa reger por comportamentos clichês.

Uma mesma pessoa pode aparentar grandeza ou miudeza dentro de um relacionamento, pode crescer ou decrescer num espaço de poucas semanas: será ela que mudou ou será que o amor é traiçoeiro nas suas medições? Uma decepção pode diminuir o tamanho de um amor que parecia ser grande. Uma ausência pode aumentar o tamanho de um amor que parecia ser ínfimo.

É difícil conviver com esta elasticidade: as pessoas se agigantam e se encolhem aos nossos olhos. Nosso julgamento é feito não através de centímetros e metros, mas de ações e reações, de expectativas e frustrações. Uma pessoa é única ao estender a mão, e ao recolhê-la inesperadamente, se torna mais uma. O egoísmo unifica os insignificantes.

Não é a altura, nem o peso, nem os músculos que tornam uma pessoa grande. É a sua sensibilidade sem tamanho.

domingo, 16 de outubro de 2011

A dor e o sabor do primeiro amor..







O doce sabor do primeiro amor...
Como esquecer aquele amor juvenil e quase impossível de acabar?
O primeiro amor.  Hoje meu irmão muda de cidade, pois terminou o curso, formou e agora vai aprender ser gente grande e trabalhar todo dia. O problema (seria esse o termo?) é o namoro. A primeira namorada... O primeiro amor. Ela não se contem em choro e expressões de tristeza em sua face. Eu, apenas observo e vejo um filme passar em minha mente.
Lembrei do meu primeiro grande amor. Todos os meus amores são grandiosos, pois vivo-os intensamente... Meu primeiro namorado (escondido, diga-se de passagem) teve que partir e senti uma dor tão profunda que dilacerava meu peito por dentro, como se o mundo fosse acabar...
 Uma mistura de sentimentos e lágrimas. Estava feliz por ele ir, pois seria algo muito bom, estava triste por perdê-lo, não ver mais todos os dias, não senti o toque de suas mãos em meu rosto, principalmente, não sentir o cheiro e o suave sabor dos seus beijos. Eu chorava tão intensamente que doía a alma...
Mas você pensa que nunca mais senti isso?
Senti novamente, sinto e continuarei sentindo...
Hoje meu coração dói do mesmo jeito e com a mesma sensação de 10 anos atrás, mas não é porque lembrei meu primeiro grande amor... Dói por saber que apesar de ser bem grandinha, ainda vivo meus amores como se fossem os primeiros.
Aliás, vivo esse amor. Seria amor já? Apesar dos defeitos continuo gostando dessa pessoa com a mesma intensidade. E quando recordo das qualidades, o sentimento reforça. Para ser sincera, não queria gostar de ninguém. Gostar dói demais. Se amar é sofrer, eu não quero isso.
Sentir o peito ser dilacerado nessa altura do campeonato, depois de alguns relacionamentos sejam eles fracassados ou impossibilitados pela vida, faz-me pensar que nunca deixarei de gostar ou de me doar para o amor quantas vezes forem necessárias, ou quiçá, quantas vezes meu coração permitir...

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Apenas VIVA...

Tenha sempre a essência de uma criança, onde toda novidade vira festa!
Às vezes em conversas com amigas (e amigos também) tomo as vestes de Mestres dos Magos e dou meus conselhos, só aí que percebo que eles caem com uma luva para minha vida. É... Às vezes somos ótimos conselheiros, mas esquecemos de nos aconselharmos de vez em quando...
Tenho analisado muito como a vida nos proporciona momentos mágicos [outros nem tanto] e que não os aproveitamos por querer bancar algo ou alguém que realmente não somos. Eu, por exemplo, parei de ser assim. Demorou, mas agora consigo pensar e agir dessa maneira.
Quando estou em algum lugar ou com uma pessoa e aquilo que estou vivendo, denota algo maravilhoso, desculpa, mas quero aproveitar até o caroço! Como se diz no sertão!
Aprendi com o tempo (ou seria a maturidade chegando) que não adianta querer antecipar nada, muito menos forçar determinada situação. Tudo acontece no tempo certo e da maneira que deveria acontecer...  
Se é destino ou não? Sei lá. Apenas acredito nisso.
Não estamos aqui por acaso. Não conhecemos as pessoas por acaso. Seja para o bem ou para o mal que ela proporcionará em sua vida, tudo será um aprendizado! E só depende de você absorver o que lhe parecer útil e claro, abstrair o que não te influenciará em nada.
Seja na vida profissional, familiar ou no amor... Tudo se resume em viver o momento, aproveitar cada segundo e absorver o que lhe for saudável – mesmo que seja algo ruim, sempre será bom para você! E isso não é o jogo do contente, se bem que até poderia ser..
Chegou o momento de viver! Sem crises existenciais... Incertezas e medos!
Assim que você conseguir colocar esse conceito como primordial em sua vida, tenha certeza que tudo ficará melhor, e todos os problemas que você imagina ter, são pequenos e insignificantes perto da vida maravilhosa que você ainda tem para VIVER!
Como vivemos a vida e o modo como vamos levá-la só depende de cada um de nós!
Disse esses dias atrás para outra amiga: A gente sofre porque quer! E é verdade! Se minha prerrogativa de vida for de viver feliz com o quê, como e com quem eu achar que vá me proporcionar isso... Foda-se o mundo!
A vida é sua e aproveite ela da melhor maneira possível!  Sem contar que nossos irmãos gregos já deram a dica: Carpe Diem!  =D

Resumindo: Viva o momento! Isso sim é o melhor da VIDA! Não crie expectativas! Não antecipe nada! Tudo acontece no tempo certo! Apenas VIVA...

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Chove chuva!


Adoro chuva!
Primeiro porque dá uma refrescada no tempo e depois, porque só lembra coisa boa: ficar deixo de lençóis assistindo filme com o amorzinho da gente ou com as primas, tomar banho de chuva na rua e inventar qualquer tipo de brincadeira, ler, dormir, e, o melhor de tudo, escutar os pingos caindo no chão! Bom demais!
Hoje, depois de uns 3 meses sem chover, eis que São Pedro resolveu fazer uma faxina daquelas em Araguaína! Nossa! Precisava, viu... Muito quente e abafado por esses dias!
A natureza deve está em festa com tanta água que está descendo hoje! U-hu!
O único problema de chover nem ninguém esperar é que tudo fica atrasado e chegar ao trabalho é um dos principais exemplos! rsrsrs
A chuva me faz recordar muito (muito mesmo) de Braga! Ô cidade que chovia!
Como abriam a torneira podia esquecer, tinhamos que ir para a universidade debaixo dela..
Inúmeros guardas-chuva de pessoas ficavam pelo caminho, sem contar com o vento ultra-mega-power forte, a bota descolando, os dedos dos pés começando a ficar congelados e um friooooo!
Eu sou um ser da água! Onde estiver água, estou feliz! E chuva.. Ahh a chuva.. É meu maior xodó!
Desce água São Pedro!
\o/

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Baixou o Santo, opss.. O Divino!


Hoje, finalmente hoje!
Comecei a redigir minha dissertação.
Por mais dúvidas que eu tivesse sobre o quê realmente seria essa pesquisa ou será que era isso que eu queria.. Tudo foi solucionado e baixou o santo! Opss.. O Divino!
Já tinha dois artigos escritos sobre o material que tive contato em Braga, por isso, o pontapé foi dado e tudo indica que se, minha inspiração contribuir, apresento minha dissertação no dia 15 de dezembro!
Tenho que entregar no dia 15 de novembro, ou seja, no dia 16 porque nessa data aí será feriado.
Dia 16, 17 e 18 teremos nosso seminário de integração e eu, imersa na defesa!
Espero que dê certo.
Pretendo escrever pelo menos 150 páginas. Nada mais que isso.
Por mais que seja um trabalho da área de humanas, odeio encher linguiça. Objetividade é tudo nessa vida! Principalmente na acadêmica! Assim espero...
Entrevistas realizadas, fotos OK, vídeos OK..
Tudo bem que ainda falta algumas leituras, mas estou cuidando disso! =P
Agora é foco!

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Eu, Mulher de Câncer...

 
Mulher de Câncer

Ela é meio doida, qualquer coisa triste e surpreendementement...e sábia. Não são extremistas como as geminianas, mas certamente sofrem, regularmente, de uma variação de humor pelo fato de que se ressentem fácil com as coisas. No entanto, se tem uma coisa que não muda na mulher de câncer é o seu senso de economia. São conhecidas no zodíaco pelo porquinho de segurança onde colocam moedas, convictas e determinadas. Escondem seu tesouro debaixo do colchão e ninguém nem desconfia que tem alguma coisa lá, tamanha é a modéstia dessas meninas. E é bem provável que a especulação monetária e o valor do câmbio sejam alguns de seus assuntos preferidos.
Mas não ache que por isso precisa lhe dar presentes caros. Pelo contrário, ela achará isso um exagero. A mulher de Câncer definitivamente não precisa de um homem de posses, só precisa que ele seja capaz de adquiri-las. Ajudará a consegui-lo, mas lhe deixará sozinho se tiver que gastá-lo. Boa notícia! O cartão de crédito não poderia estar em mãos menos perigosas que as delas.
Leve-a para ver o mar, a lua. Isso faz bem as nativas desse signo. Câncer é um signo lunar. Então esse cenário mexe seriamente com essas mulheres (algumas chegam a mudar de acordo com as fases da lua). É ali, num lugar que é delas e só delas (mesmo que seja tão grande quanto o mar), onde se desfazem da carapaça do carenguejo e a imensa infinidade de seus sentimentos respiram aliviados. E ai você vê como, apesar da aparente rigidez, a canceriana é inteiramente feita de água salgada. Pode ser de mar, pode ser de lágrima. Câncer é o signo mais emocional do zodíaco. A racionalidade de suas economias nada mais é que uma resposta ao seu desejo de segurança.
Das duas uma: quando elas estão apaixonadas ou são tão tímidas que parecem desinteressadas ou se insinuam de jeito delicado, feminino e enlouquecedoramente suave. Mas dificilmente serão elas que tomarão a iniciativa. O caranguejo só anda para os lados. Até porque as cancerianas temem muito serem rejeitadas e aceitam sempre muito bem repetidas confirmações de afeto.
São donas de um conceito de amor muito raro e é realmente muita sacanagem brincar com o sentimentos dela que já são tão afetáveis. Esteja certo: uma vez que ela se sinta magoada e decepcionada, veste decidida a sua carapaça e você não sabe mais quem está do seu lado (isso se ela não está trancada na carapaça do quarto dela e só Deus sabe quando ela vai sair de lá). Magoá-la é extremamente fácil. Até se você disser que ela está bonita hoje, pode ser coisa ruim (sim, porque isso significa que ela estava feia ontem).
Cancerianas são assim. Dispostas a enfrentar o que for se você expressar sinceramente que está lá com ela e que ela é importante. Amarão alguém de um jeito dedicado, forte e profundo como o oceano dentro delas. Te fará rir, lhe oferecerá sergurança, bem como estará disposta a sair do caminho de casa e ver onde vai dar aquela estradinha de terra. Basta que você esteja lá.
Ah, e ultima coisa: nutra (ou disfarçe) um lindo afeto por sua sogra.

____
Texto de Eduardo Aguiar escreveu essas características das Mulheres dos 12 signos, o fez perfeitamente... Através de estudos e adaptações que ele realizou em um livro, a saber GOODMAN, Linda. Seu futuro astrológico. Rio de Janeiro: Record, 1968.

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Frase do Mês

Na minha memória - tão congestionada - e no meu coração - tão cheio de marcas e poços - você ocupa um dos lugares mais bonitos.
(Caio Abreu)

Transbordando...


Esses dias pensando na vida descobri que mudei vários pensamentos e atitudes que tinha perante a vida e seus acontecimentos.
Parei de sofrer e imaginar o quê poderia acontecer com X, Y ou Z.
É difícil, mas um dia a gente aprende.
Quem sabe não foram as inúmeras pauladas na nunca que já levei em relacionamentos, trabalhos e lugares.. Acontece! E o pior de tudo é que a gente cria uma casca e essa vai ficando mais dura a cada ano que passa e principalmente, a cada relacionamento por qual passamos. E a minha casca estava grossa! Bem grossa! Diga-se de passagem...
É complicado abrir-se ao novo e por isso, nesses últimos meses tenho preferido não ter maiores sentimentos e muito menos demonstrar afeto por alguém. Mas como eu sou sentimento, não consegui. Claro, que diminuí a empolgação em 300% quando acontece algo diferente ou quando permito que alguém se aproxime de mim...
Fato é que estou começando a gostar de alguém novamente e gostar de verdade.
O melhor de tudo é que eu posso ser do jeito que eu sou! O que nos antigos relacionamentos era impossível. Sim, meu povo, eu me anulava! E isso, depois das pauladas.. NÃO acontecerá mais! Aprendi a me completar e 'me bastar'.. Não preciso de um companheiro para ser FELIZ. Eu sou feliz comigo mesma, com minha vida, meu trabalho (podia receber mais.. rsrsrs), com meus amigos e minha família.. E só isso basta!
Gostar de alguém hoje em dia não será para que me complete, mas sim para que eu possa viver tranquila e sentir uma coisa gostosa por outra pessoa.. Aquela coisa do gostar, do cuidar, do amar... Que esse gostar seja viver o 'plus' da vida e não o alicerce dela! Que esse gostar me possibilite transbordar...
Está com alguém hoje é começar a quebrar essa casca que foi criada ao longo dos três anos e que aos poucos vai desmoronando como quando o vento bate em uma serra e leva seus grãos de areia..
Tudo devagar, aos poucos e com leveza...
Sim, estou gostando de alguém.. E nunca pensei que poderia dizer e sentir isso de novo..
=)


quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Frase do Mês

"Em certa idade, quer pela astúcia quer por amor próprio, as coisas que mais desejamos são as que fingimos não desejar". (Proust)

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Panela velha é que faz comida boa...


Não! Esse post não tem conotação sexual. Rsrsrs
Hoje pela manhã, após meus afazeres domésticos na casa dos meus pais, e claro, depois de ouvir minhas músicas matinais, eis que vou assistir TV. Adivinha qual desenho que retorna às telas? Aquele que nunca teve fim e todo mundo especula até hoje?
Caverna do Dragão!!!
Sim! Eu adoro desenho animado! Quando vou para a Redação fico tão imersa nos problemas do mundo que cansa muito ver mais do mesmo: corrupção, mortes, violência gratuita, intolerância.. Tantas coisas que acabei por optar ‘desligar’ disso tudo quando não sou obrigada a vivenciar isso... Fujo até da internet durante o fim de semana.
Voltando ao assunto...
Putz! Já assistir dezenas de vezes a história da Caverna do Dragão, e para piorar, não cansa. Se bem que dá uma agonia danada não saber ao certo porque esse povo não consegue voltar para casa. Quiçá, se estão vivos! Rsrsrs... Meus personagens preferidos eram a Diana porque era sempre decidida e o Presto, que apesar de não fazer as mágicas corretamente, na hora certa, também resolvia as coisas. 
Não gostava muito da Iuni, que unicórnio FDP... Toda vez atrapalhava alguma tentativa dos caras voltarem para casa... Poxa, e o Vingador e o Mestre dos Magos davam medo! As vezes pareciam a mesma pessoa, talvez o Vingador seja o lado escuro da força. Opa! Isso é outra série! Credo! rsrsrs
Enfim, outros desenhos e séries também entram no hall da panela velha.  Por exemplo, o atentado e sem juízo do Pica-Pau. Ohhh passarinho que apronta coisa do tipo "não faça isso em casa”.  E uma série que todo mundo nesse país já assistiu e querendo ou não, de vez em quando, dá uma olhada de novo é o Chaves. 
Chaves tem os mesmos episódios há 30 anos, na mesma emissora e com boa audiência. Imagine só!  E quando eles vão para Acapulco?? Nada mais engraçado do que o Kiko e seu bronzeado!! Tudo bem que sou uma ‘mocinha’ de 26 anos que gosta de assistir o Chaves... kkkkk
O mais engraçado é que toda vez que assisto um episódio pego outras piadinhas que quando era criança não tinha a menor noção do que se tratava... Deve ser a tal da malícia que vamos acumulando com o acréscimo da idade. =P
Hoje gosto muito do Bob Esponja, American Dad e Family Guy! Choro de rir! Se bem que para que eu sorria de alguma coisa não precisa de muito... =P
Bom, existem outros desenhos que não passam mais na TV, mas bem que poderiam retornar. Hoje só existem adolescentes com super poderes e que todo dia salvam o mundo! Rum,.. Então, se for assim, prefiro o Pink e o Cérebro que tentam dominar o mundo todo dia! Bem mais bacana! \o/

sábado, 6 de agosto de 2011

Costurando..


Resolvi aprender a costurar.
Sempre customizei as coisas, mas quero ir além..
Não sei se é dom da família (minha avó e tia costuram) , pode ser, né?
Mas enfim. Costurei meu primeiro modelito.
O molde que encontrei na internet!
Pesquisei um bolero na internet todo de paête. Parecido com o que a Carolina Ferraz usa no remake de "O Astro". Pesquisei e encontrei. Daí, fui em algumas costureiras, mas elas falaram que aquele tecido quebrava muitas agulhas e só em máquina profissional.
Geralmente eu customizo meus abadás de shows de axé e nenhum até hoje nunca rasgou de tanto que eu pulava nas micaretas ou carnavais da vida, então resolvi costurar à mão mesmo!

Peguei um modelo que tinha em casa para ver o tamanho, fiz o molde com papel de jornal (classificados..rsrsrs), cortei o pano, costurei e pronto: um bolero de paête lindo! A parte das mangas deu mais trabalho, nunca cortei manga para montar um abadá, as deu certo!
Estreiei ele no espetáculo Evita Vive!
Adorei usar uma roupa que EU fiz! E isso me mostrou uma nova vertente de trabalho!
Adoro moda e adoro está bem vestida. Porquê não ter um ateliê?
Sonha Alice.. Volta! rsrsrs
São apenas planos! Vou aprender costurar com minha tia e espero já fazer algumas roupinhas! Vai que eu gosto mesmooo e quem sabe não vou fazer um cursinho de moda em SP, RJ ou Gyn?
Bom.. Essa é a novidade! Olha aí a foto! Gata, hein?!! Gostaram?

Eu com meu bolero e a colega da TV. =D

A musa inspiradora!\o/
=D

sábado, 30 de julho de 2011

Vontade voar..


Hoje aconteceu o sorteio das eliminatórias da Copa do Mundo de 2014.
Bom, o único sentimento que tive quando saía cada nome dos países, ou era de dizer ainda vou conhecer ele, ou melhor, tenho um amigo aí!
Como é bom conhecer gente nesse mundão de Deus.
Semana passada assisti o filme "Comer, Rezar e Amar".
Ai! Eu quero fazer aquilo. Demais!
Viajar por esse mundo de meu Deus e só!
Conhecer gente e o mundo.
Está resolvido. Vou arrumar um jeito de ter uma renda fixa. (um marido rico, serve? NÃO!)
Viajar pelo mundo e escrever livros (ou blogs!)...
Sei que muita gente já fez isso, mas eu ainda não!
Até porque não será por obrigação, mas sim, por estilo de vida. Viajar e pronto!
Resolvi o que fazer da minha vida! Sou uma nova mulher agora.. rsrsrs
\o/

terça-feira, 26 de julho de 2011

40 motivos para casar com um Jornalista!


Rá!
  1. Jornalista geralmente é criativo, ele vai surpreender você quando menos esperar;
  2. São curiosos e antenados, você sempre ficará por dentro de tudo que acontece;
  3. Eles não ganham bem, mas isso é bom porque vocês podem aprender a economizar dinheiro;
  4. No Natal, Ano Novo, Carnaval… eles provavelmente estarão na redação. Mas, pense pelo lado positivo: antes trabalhando do que vagabundando;
  5. E outra! Trabalhando muito, eles não têm tempo de se interessar por outra pessoa;
  6. Eles não são bons de matemática, mal sabem somar e subtrair; mas, para que saber isso se são os mestres da escrita?;
  7. Acostumados com pautas, são bem organizados e planejam bem as coisas antes de fazê-las;
  8. Como é fissurado por fontes, quando você tiver uma ótima ideia, ele não vai dizer aos amigos que foi coisa da cabeça dele. Dará todas as honras para você!;
  9. Como vivem numa rotina corrida, não tem muito tempo para opinar nas coisas da casa. O que você fizer, ele vai achar lindo;
  10. Tudo é um grande brainstorm (tempestade de ideias). Monotonia não vai entrar na sua casa!;
  11. Quando vocês brigarem, ele não vai achar que a opinião dele é a melhor. Tem que ouvir todos os lados de um fato, ele saberá analisar a situação!;
  12. Em coberturas de grandes eventos, você poderá entrar de gaiato. Cada final de semana em um lugar diferente: jogos de futebol, avenida de escola de samba, lançamento de livros, shows, peças de teatro…;
  13. Mantêm revistas e jornais no banheiro. Você nunca ficará olhando para o vácuo enquanto faz suas necessidades fisiológicas. Ganhará conhecimento!;
  14. Idolatram pessoas totalmente desconhecidas (o seu Zé, a Dona Maria, o Juquinha…) Todos com ótimas histórias de vida que vocês podem usar no cotidiano também para se tornarem pessoas melhores!;
  15. Não vai faltar café na sua casa. Café e jornalista são praticamente sinônimos;
  16. Ele pode escrever os votos matrimoniais da sua irmã, criar o conteúdo do site de negócios do seu pai, ensinar sua mãe a tirar fotos das amigas nos eventos do bairro. Ele aprende de tudo um pouco e gosta de compartilhar!;
  17. Tudo para o jornalista tem uma explicação. Eles nunca vão se contentar com a primeira versão de um fato. Você sempre terá uma resposta, mesmo que demore;
  18. São ótimos investigadores. Se alguém no trabalho passar a perna em você, rapidinho ele descobre quem é!;
  19. Como trabalham muito, não tem tempo para beber demais, fumar, se envolver com drogas… Você terá um companheiro saudável!;
  20. Tá bom, vai… eles não costumam comer coisas muito saudáveis. Mas se você for legal e fazer comida para ele levar ao trabalho, isso se resolve rapidinho, não é? =);
  21. Suas viagens nunca serão monótonas! Se acontecer qualquer movimento estranho, ele vai logo querer saber o que é e infiltrará você junto para desvendar o problema;
  22. Amam roupas leves e simples no dia a dia. Você não vai gastar muito dinheiro com isso;
  23. Mas também sabem se arrumar bonitinhos para os eventos. Você terá um parceiro que sabe ser simples, mas também sabe arrasar. Tudo vai depender da ocasião;
  24. A agenda é o seu melhor amigo. Mas, não fique com ciúmes! Pense pelo lado positivo, nunca vai esquecer nenhuma data importante, porque tudo fica rigorosamente descrito lá;
  25. Eles não ficam irritados com “nãos”, afinal, estão acostumados com assessorias de imprensa que não querem divulgar os bafões. Você não terá um companheiro irritado, mas, em compensação ele não vai desistir até conseguir o que quer. Mas só de não se grosso já vale, não é!?;
  26. Como são antenados, também sempre ficam sabendo das novidades tecnológicas primeiro. Às vezes, até ganham de presente para testar a ferramenta. Você terá tudo em primeira mão na sua casa;
  27. Eles não se importam com calor, chuva, trovões… afinal, precisam estar onde a notícia está! Você poderá ir na praia com 50 graus tranqüila ou aquela viagem dos sonhos pode se tornar um pesadelo no caos de São Paulo que ele não vai blasfemar. Ainda vai dar risada da situação;
  28. Acham que podem salvar o mundo com uma matéria. Olha que sensibilidade!;
  29. Eles sempre sabem tudo todo o tempo;
  30. Gostam de música para acalmar;
  31. Leem livros raros, histórias para crianças e semiótica… Seus filhos serão super dotados se depender dele;
  32. Sua vida social é infinitamente grande. Você nunca poderá reclamar que não conhece gente nova;
  33. Eles estão acostumados com coisas chatas e sabem contorná-las muito bem. O casamento nunca vai virar algo monótono;
  34. Eles gostam de camisas com estampas de alguma brincadeira sobre algo atual. Suas amigas vão ficar com inveja do seu companheiro (a) inteligente;
  35. Eles sempre têm uma opinião sobre qualquer coisa na face da Terra. Durante uma conversa entre amigos, vocês nunca ficarão apagados;
  36. A maioria gosta de virar psicólogo, técnico de futebol e médico às vezes. Você terá um companheiro mil e uma utilidades;
  37. Por causa da profissão, são forçados a aprender mais de um idioma. Você vai ouvir “Eu te amo” em, pelo menos, umas três línguas diferentes;
  38. A primeira coisa que seu filho vai aprender é que a informação é a alma do negócio. Com dois anos, sua fofurinha vai saber o que é aquecimento global, mercado financeiro e já saberá criticar políticos;
  39. Gostam de mudar de cidade, estado e até de país. Você conhecerá muitos lugares!;
  40. Assistem documentários e vão a museus o tempo todo, não importa o que seja. Ô cultura!
Extraído do blog http://patryckschneider.wordpress.com (via Revista Quem On Line)

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Frase do Mês

Pensamentos mudam e o que parecia ser o ápice de uma profissão vira sinônimo de exaustão e desânimo. Será que cansei de ser Jornalista?
(yo.)

quinta-feira, 14 de julho de 2011

Essa tal de rede social...


As redes sociais tem mexido com a cabeça de todo mundo..
Eu, por exemplo, que deveria está escrevendo minha dissertação, não...
Estou online no Facebook, Orkut, Twitter e MSN.. Ahh e o BLOG! (claro!)
Enfim, o assunto não é minha preguiça intelectual, mas sim para comentar sobre essas redes sociais, tipo o que eu gosto.. não gosto!
Vamos lá..
E olha que nem tenho todas...

Facebook: só tem um motivo para ainda manter uma conta no "Face": O MUNDO! Todos os amigos que fiz no intercâmbio estão por lá e quero manter contatos com todos, sem tirar um.. Pessoal de Portugal, Espanha, Cabo Verde, Polônia, Romênia, França, Turquia e tralalá.. Não gosto de postar fotos por lá. As que tenho são para ilustrar alguns comentários que coloco no mural e outras de viagens! Até porque todo mundo gosta de ver fotos de viagens e de lugares diferentes... Daqui uns dias eu retiro..
Ahhh.. E sem contar que até meu chefe é meu amigo no Face.. daí já viu!
Virou algo mais 'profissional' do que pessoal!
Orkut: Esse eu não largo de jeito nenhum! É meu álbum virtual de fotografias! Adoro ver fotos no Orkut. Ainda mais agora que voltaram como estava antes.. E lé estão meu amigos de redes sociais mais antigos! No Orkut eu digo de boca cheia: todos que estão lá eu conheço e já convivi! Pronto.

Twitter: Esse coitado.. Está mais largado que tudo. Só acesso por causa do trabalho e de vez em quando postar alguma coisa do Várias Anas. Não gosto. Já postei aqui falando que não iria aderir, daí queimei a língua, mas não uso frequentemente..
MSN: O melhor! Só fica no meu msn quem eu quero conversar e com quero continuar amizade! Pronto! Fácil e simples. Tudo bem que tem gente com quem eu demoro conversar.. Mas enfim, é a vida! É só dizer um OI que assunto brota que é uma beleza! =D
LinkIn: Totalmente profissional. Raramente acesso, mas deveria ir mais! Tenho que ver isso..
Blogger: É meu espaço preferido onde posso escrever o que quero (tudo bem que tem gente que as vezes não gosta, mas fazer o quê?)... Sou feliz no meu blog e não tenho pretensão nenhuma de que vire um site... Como acontece na maioria das vezes.. Mas, se virar um livro.. EU TOPO. De vez em quando escrevo umas reflexões sobre a minha vida, de situações vividas, que geralmente todo mundo já deve ter passado.. Vai que!
Youtube: Tá lá. Vejo clips e vídeos e só!

Só sei que na profissão que atuo tenho que está conectada com o mundo...
As vezes quero sumir como qualquer ser humano, mas também quero dar sinal de fumaça da minha vida!
É ser permisso e deixar que todo mundo saiba  o que você faz ou deixou de fazer?
É! E daí?
Eu mostro até onde eu quiser e até onde eu me sentir confortável..
Como diz meu chefe: "Na dúvida, não ultrapasse."


Bom, é isso..

quarta-feira, 13 de julho de 2011

O que é ser "meio termo"?


Que mulher na face desse Planeta não quer saber o que significa ser meio termo?
O que fazer e não fazer na hora de começar uma conquista?
Eu fui agraciada por uma espécie de "Hitch" na minha vida, mas na versão 'se dê bem com os homens'..
Livros do tipo "Porque os homens casam com as mulheres poderosas' ou 'O quê toda mulher inteligente deve saber'. Não! Esses livros não abriram minha mente quando o assunto é homem e como levar um possível 'ficante' ao namorado perfeito!
Sim minhas amigas! Agora eu sei!
Nessa conversa aprendi que nós mulheres temos que:
  • Não demonstre interesse, mas também não mostre desinteresse!
  • Deixe que ele te procure...
  • E quando ele te procurar, solte-se e mostre doçura...
  • Mas também não aceite tudo que ele te propor.
  • Um "não" tem um poder lascado, mas saiba usa-lo na hora certa. Nos 2, 3 primeiros convites, aceite!
  • E, se tiver que rolar, deixe rolar... mas COM MODERAÇÃO! ( ou seja, feche as pernas), e no quarto mês, mesmo você querendo muito: RECUSE. Arrume uma desculpa boa, daquelas do tipo: quem sabe na próxima...
  • Que fique claro que isso não é joguinho! É tempero para a relação e valorização do seu passe!
  • Deixe rolar, mas enrole-o, e se você ver resultados, enrole-o mais um pouco!
  • Não esqueça que nesse tempo você não tem compromisso algum, pois estão ficando (sem sexo, lembre-se) e cada um tem sua vida!
  • Nas não é para ficar com mais ninguém! 
  • Não fique à disposição dele!
  • Saia e divirta-se, mas não suma!
  • E um dia você envia uma mensagem para o celular dele... O lance é manter o bofe ao alcance das mãos.
É meninas! Depois dessa canseira toda ou o cara vai ou racha! Mas vale a pena esperar um pouco para as coisas acontecerem..
Porque que antigamente tod mundo tinha namorado (a) e tudo tinha mais encanto? Porque nada era fácil! Tudo tinha uma caçada e conquista diária! Isso que vale a pena e nisso que temos que apostar! 
Romantismo e poder de sedução ainda existem entre nós. Simplesmente esquecemos disso e tudo acaba em uma noite!
Massa, né?
Agora é imprimir essas dicas e mentalizar todos os dias antes de dormir ou principalmente, antes de sair com ele!!




2.6

Vixi!
Mais um ano de vida.
Passei pelos complicados 25 anos! Nem foram assim tão complicados, mas algumas amigas me disseram que nós, mulheres, mudamos muito depois dos nossos 25 anos.
Agora, meu povo, 26 anos! E vamos parar por aqui a contagem!
Tudo bem que pessoas dizem que tenho rostiinho de 18.. Ok.. 23 anos! rsrsrs
Ultmamente minha vida mudou... Não mudou muito, mas a mudança me agrada. Voltei para a casa dos meus pais depois de 8 anos fora, depois de morar no exterior e sinto-me TÃO bem perto deles que só quero ficar assim! Convivência familiar ajuda em muito nossas vidas!
Meus projetos continuam.. Aliás, tenho que terminá-los antes de começar outros.
Resolvi andar no slowmotion..
Levar a vida mais devagar!
Sempre dá certo! E porque não começar logo, antes que seja tarde demais..
Quando somos mais novos, queremos tudo depressa, agora não: quero tudo BEM devagar!
Poliana agora vive sem pensamentos profundos que configurem o seu estado atual de espírito...
Mudei nesse último ano. Isso é fato e eu sinto. Meus amigos comentam e sabem que foi para melhor.. =) 
Enfim. Sem sentimentos de amor brotando todo momento e pensando mais no que eu quero para minha vida. Bom, agora agora agora.. 
Eu só quero ficar perto da minha família e começar uma etapa da vida profissional em Araguaína.