quarta-feira, 8 de junho de 2011

Sem sacolinha?

Sacolas da rede de supermercados de Portugal - Pingo Doce.
Claro!
Estava passando da hora de homologar a lei municipal de 2009, em Palmas, sobre esse assunto.
Fiquei feliz! Não posso negar! Tem gente que está reclamando muito, mas eu sou totalmente à favor.
Porque que antigamente nossas avós tinham suas sacolas de feira e todo mundo era feliz?
Bom. Em Portugal, o consumidor tem que pagar pela sacolinha que ele leva para casa, mesmo que seja biodegradável... Quando morei lá, o preço pago era de 0,02 cêntimos (menos de R$ 0,05)! Eu tratei de comprar minha sacola para compras grandes pelo preço de 0,50 cêntimos (mais ou menos R$ 1,20), aliás duas.. Porque é cada uma mais guti guti que a outra.
E ainda, para comprar poucas coisas sempre levava (ainda levo aqui no Tocantins) na minha bolsa, uma sacolinha mais meiga do mundo.. Assim não uso nenhuma sacola de plástico quando vou às compras.
Daí, você me pergunta: e o lixo?
Uai, compra aquelas sacolas grandes de lixo. Né?
Apoio essa atitude e digo mais: dá certo sim!
Vamos cuidar do nosso planeta! Pode ser?

Florzinha para levar na bolsa e tcharannnn!

Uma sacola!
Quem quiser, pode encomendar comigo! Daqui uns dias começo a produção dessas sacolinhas! =D

Um comentário:

  1. Adoreii seu blog Poli! ótima matéria das sacolinhas e eu vou querer umaaa!
    Beijos já to seguindo =)

    ResponderExcluir