quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Tempo Tempo Tempo Tempo


Tenho recorrido ao TEMPO ultimamente...
Não só por escutar todo dia aquela musiquinha do Caetano que é tema da abertura da novelas das seis, o que só reforça que devemos esperar mesmo que as coisas aconteçam por si só, sem atropelhos ou desgastes emocionais.

"Compositor de destinos
Tambor de todos os rítmos
Tempo tempo tempo tempo
Entro num acordo contigo
Tempo tempo tempo tempo..."
(Oração ao Tempo - Caetano Veloso)

Muitas frases poderiam acalmar nossos corações. Muitas atitudes também também...
Mas só o TEMPO que resolve TUDO: brigas, amores não correspondidos, ausências, vitórias, derrotas, sonhos e desejos!
Então, já que esse tal de TEMPO que resolve as coisas, porque ele não facilita para meu lado?
É o que todos pensamos, não é mesmo?
Mas e aí? Quem é o Senhor do TEMPO? Eu não sei!
Seria a RAZÃO? Seria DEUS, mas não no sentido monoteísta da crença...
Todos nós seres humanos precisamos de respostas para nossos anseios, porém grande maioria já veio com defeito de fábrica: a ansiedade.
Não fomos trabalhados, planejados e programados para ter paciência e sabedoria.
Sabedoria.
Taí, outro dom que só o TEMPO pode nos dar.
Sem contar com a RAZÃO e a EMOÇÃO que travam uma luta constante, mas não adianta: se o TEMPO não interferir entre esses dois sentimentos, não haverá equilíbrio.
Se tudo depende do TEMPO, esse seria o segredo da vida? Da paz? Prosperidade? Do amor? Do sucesso? Da eterna felicidade..
Compositor dos destinos?
Que cumpra-se então o destino: conforme o TEMPO designar, sob o equilíbrio da RAZÃO com a EMOÇÃO, para enfim, encontrarmos a SABEDORIA desejada...

Um comentário:

  1. Adorei seu post... adoro essa música. Concordo com seu ponto de vista. Pena q o tempo corre e muito rápido e a gente neste duelo entre razão e emoção, deixamos q ele passe por nós às vezes sem nem nos darmos conta.

    ResponderExcluir