terça-feira, 8 de maio de 2012

Los Hermanos em Brasília: EU FUI!




Duas horas de emoção!
Assim posso descrever o show de Los Hermanos em Brasília.
Fui com o coração cheio de expectativas e posso garantir que foi o melhor show da minha vida. Cantei do início ao fim. Pulei. Chorei. E sorri. Como sorri e como fui feliz nesse show.
Encontrei com pessoas que nunca poderia imaginar, tanto no aeroporto quanto no estacionamento do Ginásio Nilson Nelson. Conheci gente bacana e fui bem recepcionada. Como AMEI essa viagem.
Acredito que, por estar com uma pessoa que gosto e claro, também gosta da banda, fez toda a diferença! Não curti Los Hermanos com alguém que já escutou uma vez ou outra a música dos caras. Vivi o show dos Los Hermanos e compartilhei essa alegria com quem “realmente” gosta do som deles.
E foi lindo!
O início do show com O Vencedor, seguido por Retrato pra Iaiá e Todo Carnaval tem seu fim foi para acabar comigo, né? rs. Lembrei dos meus amigos de universidade (Antonio Fabrício e Philipe Bastos) e da importância deles até hoje. Daí, veio Morena. Uma música que só posso lembrar de uma pessoa (que estava comigo no show) e só sempre será "a música dele".
Sem contar que, eu, no auge da minha empolgação dos chifres levados nessa longa estrada da vida, cantando A Outra, Marcelo Camelo erra o início da música.. Poxa Marcelo! rs
A grande sacada mesmo, daquelas de arrepiar a alma, foi Tempo perdido, da Legião Urbana, tocada no bis e cantada em coro pelo público. Que foi aquilo, gente?! E Pierrôt no final? Lindo! Lindo! Sabe quando acaba o show e pronto: não precisa de mais nada! Foi assim! Todo mundo saindo calmamente, sem pressa, aproveitando a energia pura e positiva que foi emanada em cada verso, cada lágrima e cada voz naquela noite.
A lua então?! Minha amada companheira dos dias PERFEITOS. Sempre ela, presente e majestosa com seu brilho. Uma noite linda: com nome, local, data, música tema e personagens!
Após o show, melhor dizendo, duas horas de show, encontramos pessoas de diversas partes do país: Imperatriz (MA), Patos (MG), São Paulo (SP) e por aí vai.
Estou em estado de êxtase até agora. E todas as músicas que comentava com meus colegas “Ahhh, mas tem que tocar essa”, e os barbudinhos tocavam... Felicidade ao extremo!
Tudo bem que perdemos o vôo de volta para casa, mas tem nada não... Foi lindo! E sempre será... O show, as músicas, o fim de semana, as conversas, enfim, tudo ficará guardado em minha memória como o DIA MAIS FELIZ DO MUNDO...

Eis o set list:

O vencedor
Retrato pra Iaiá
Todo carnaval tem seu fim
O vento
Morena
Primeiro andar
Além do que se vê
Um par
Do sétimo andar
Azedume
Descoberta
Sentimental
A flor
Cara estranho
Condicional
A outra
Deixa o verão
Nova composição do Amarante
Casa pré-fabricada
O velho e o moço
Conversa de botas batidas
Último romance

Bis 
Pois é
Tempo perdido
Tenha dó
Quem sabe
Pierrôt




Um comentário:

  1. Blog nota 10! Você me inspirou em começar um também! :D se quiser seguir e dar uma força! ;)

    ResponderExcluir