domingo, 7 de julho de 2013

Porque os homens traem?


Li um post: PORQUE OS HOMENS TRAEM?
Tive um "insight"... Vamos fazer uma analogia à paixão feminina por sapatos e o motivo deles traírem.
"Nós sempre queremos mais um sapato, por mais que estejamos com o armário lotado! Sempre tem aquele do dia-a-dia que é confortável, você pode confiar e saber que nunca vai te fazer um calo e que, principalmente, você AMA de paixão (namorada ou esposa); temos aquela sandália M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-A que todas as suas primas e amigas querem emprestada, mas você não libera nem sob tortura (a ficante fixa gostosa pra caralho); daí, temos o oposto, você tem aquela sandália que é a Bavaria -alguém lembra dessa cerveja? - aquela, dos amigos, a amigas podem usar à vontade porque até que você gosta dela, mas só usa quando é necessário e não há sentimento de posse (periguete); algumas vezes, aparece na sua vida, uma sandália emprestada que só serve para uma coisa:fazer calo e te deixar descalça a noite todinha (a biscate que enrola o cara a noite toda e não dá pra ele); existe também aquele sapato scarpin que usamos para trabalhar, sabemos que dói demais passar mais do que duas horas com ele no pé, mas usamos mesmo assim para impressionar e mostrar elegância (a peguete gostosinha e inteligente do trabalho); temos ainda, a nossa rasteirinha que usamos em ocasiões informais, tipo: aquele churrasco da faculdade ou naquela festinha no final da tarde (gata do tipo: tava lá "de boa" e pegou a menina porque já estava na festa mesmo e não tinha mais nada para fazer, além de beber); e a rainha absoluta do sossego, as havainas que usamos para ir ao salão, compras, ficar em casa, visitar a tia, enfim... mas nesse caso, nem se amedronte, ele só quer ver futebol com os amigos ou jogar PS2!
Resumindo: os homens nunca terão só uma mulher porque querem variedade! Nós temos os sapatos e eles têm as bundas! Desde que o mundo é mundo! Se o cara for certinho demais, perfeito demais, desconfie, pois ele pode gostar de sapatos também! 
p.s. 1: essa reflexão não traduz em NADA minha atuação situação pessoal.. Ok?! rsrsrs
p.s.2: aprendi isso convivendo com meus amigos, ex-namorados e pesquisa de campo mesmo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário