quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

2 anos de vida nova...


Hoje, 28 de janeiro, é o dia que meu filhote completa "anos de vida" e eu, completo "anos de nova vida". E lá se foram 2 anos de aprendizado diário e em busca do melhor para ele. Todos os planos mudam, são focados e pensados de uma forma que Pedro não seja prejudicado.
Não sei muito o que dizer nesse meu aniversário de "maternidade". Por que o Dia das Mães, o meu dia das mãe, não é hoje e nem no segundo domingo de maio. O dia que senti que realmente eu era mãe e que me importava do fundo da minha alma com esse ser vivo foi um belo dia em que ele estava gripado, tinha apenas 1 mês de vida, nariz entupido e chorava porque não conseguir respirar direito.
Naquele dia senti um desespero enorme e não conseguia ajudar meu pequeno. Ali, naquele momento eu vi o que é a dor e a delícia de ser mãe e de viver essa nova vida. Você dá a vida por seu filho a qualquer hora e nenhum homem vai sentir isso (certo, alguns sim, outros não sabem o que estão perdendo).
Hoje e em qualquer outro 28 de janeiro, eu sentirei esse misto de emoções e uma vontade de viver para sempre. Ensinando meu Pedro ser um homem bom, honesto, simples e carinhoso com as pessoas. Essa é minha missão: ser mãe do Pedro. Não preciso ser perfeita, mas sim real, dar bronca quando for necessário, umas palmadinhas de vez em quando e muitos beijos, abraços, mordidas e cócegas para que ele saiba que a vida, apesar dos tropeços e pedras que ela coloca em nosso caminho, é feita de sorrisos e amor. Só isso.
Feliz aniversário Pedro! Feliz aniversário mãe do Pedro.